sábado, 26 de dezembro de 2015

Ai wo Utau Yori Ore ni Oborero! - Sinopse

  Olááá! Como eu disse, estou gostando muito dos mangás da Mayu Shinjo! Então decidi Falar de mais um mangá dela!

Gênero: Romance, Vida Escolar, Comédia, Drama, Gender Bender, Ecchi

Volumes: 4 volumes, 29 capítulos.

Sinopse: Mizuki possui uma banda, mas a vocalista viaja e se retira da banda, devido a isso, uma nova vocalista precisará ser encontrada. A banda é composta apenas de garotas, embora a aparência delas sejam de lindos rapazes. Akira é um garoto que estuda em uma escola apenas para rapazes, entretanto, ela tem traços femininos e é tratado com a princesa de seu colégio. Akira quer muito entrar na banda para ficar mais próximo de Mizuki, a garota que é o príncipe de seu colégio apenas para garotas, e ele fará de tudo, até mesmo se vestir de garota. Inúmeras confusões envolverão a banda e seus integrantes! 


Minhas Impressões: Eu comecei a ler o mangá achando que seria parecido com o Love Celeb, obra da mesma autora (leia a sinopse clicando aqui), mas na verdade não tem smut no mangá! (infelizmente) Ele é uma comédia romântica muito engraçada e fofinha. 
O primeiro capítulo me deixou extremamente confusa, não entendi nada, achei ruim e nem queria continuar a ler. Mas eu decidi ir em frente, e tudo se esclareceu nos capítulos para frente. O enredo é bem simples e foi muito bem desenvolvido, tem bastante cenas engraçadas e muita fofura. Como não se apaixonar pela Mizuki e pelo Akira? Eles são lindinhos e perfeitos! 
Esse foi o primeiro mangá Gender Bender que eu li, e não achei tão legal, gostei mais por causa da história do mangá. Mas o que é Gender Bender? Bem, ele é um tipo de mangá/anime/dorama/filme/çasparadasaí que personagens do sexo masculino se vestem e se comportam como mulheres e personagens do sexo feminino se vestem e se comportam como homens. Pode ser em tempo integral ou não, podendo ou não interferir na opção sexual da personagem. Nesse mangá, Akira é confundido com uma garota e Mizuki é confundida com um garoto. Essas confusões são bem engraçadas e isso que torna o mangá legal. Mesmo assim, não li ele por se tratar desse gênero. 


A história é legal e engraçada, mas um pouco repetitiva. Acontecem várias coisas que interferem na relação dos protagonistas, mas no fim sempre acaba do mesmo jeito. Além disso o final não me surpreendeu, na verdade acabou de um jeito bem normal, simples, como se não fosse o fim da história. De certo modo não gostei, não sei, esperava alguma reviravolta ao decorrer da história que mudasse o rumo de tudo, ou algo mais emocionante. 
Bem, eu indico o mangá para quem gosta de um pouco de ecchi - sim, tem ecchi, mas não tem smut porque não aparece cenas explícitas de nada - e de comédia romântica, além de gender bender. 


Espero que tenham gostado!
Deixem seus comentários
Kuroneko-san
Jya ne!!

Akuma na Eros - Sinopse

  Olá! Estou em uma fase de ler mangás, principalmente os da Mayu Shinjo *-* Provavelmente terá muitas sinopses de mangás dela por aqui! Espero que gostem!

Gênero: Fantasia, Sobrenatural, Shoujo, Smut (bem leve), Comédia.

Volumes: 4 volumes, 15 capítulos.

Sinopse: Sakurai Miu é uma garota de 15 anos que reza todos os dias na capela de sua escola para que Amamiya Shion retribua seus sentimentos. Quando isso não funciona, ela coloca sua fé em um misterioso livro de encantamentos, o qual promete realizar desejos. Ao utilizar o livro, Miu acaba invocando Satã, e ele oferece a ela um trato: sua virgindade em troca do amor de Amamiya Shion.


Minhas Impressões: Quando eu li a sinopse do mangá, eu achei que seria mais um clichê sobre demônios. Porém, ao decorrer da história, eu comecei a gostar muito do mangá, muito mesmo. Sempre procurei animes e mangás sobre anjos e demônios, mas nunca achei um do jeito que eu queria, mas devo dizer que Akuma na Eros passou muito perto! 
A base do enredo é uma garota que reza para Deus a deixar mais atraente para que assim ela possa conquistar um lindo rapaz de sua escola, mas, como deus não atente a suas preces, ela decide usar um livro de encantamentos para conseguir o coração de seu amado. Com isso, Miu, a protagonista, invoca "sem querer" um lindo demônio para ajudá-la. Até ai, okay. Os primeiros capítulos são o demônio tentando conceder o desejo da jovem e Miu tendo uma crise interior para proteger sua pureza. Entretanto,, um lindo amor começa a nascer, e acompanhado desse amor, uma guerra entre um anjo e um demônio se travará.
Confesso que no começo achei que seria meio chato, mas com o passar dos capítulos o enredo fica bem mais interessante e divertido.

A autora Mayu Shinjo é conhecida pelos seus mangás smut (romance erótico, com cenas de seco), porém nesse mangá o smut é bem fraquinho, não tem cenas completamente explícitas como na outra obra da autora Love Celeb (sinopse dele aqui), o que pode ser bom para alguns. 
O final me deixou um pouco confusa, mais especificamente o final do último capítulo, pois Akuma fala uma coisa e aparece no final e eu não entendi '-' (sei que ficou confuso para quem não leu). Bem, digamos que não sei se voltou "ao normal" tudo ou não, achei confuso.
O mangá é bem curto, eu li ele no Mangá Host em algumas horas.
Gostei muito da história, do desenvolvimento do enredo, dos traços, do Akuma *-* É um romance muito lindo! Gostei bastante desse mangá!

Espero que tenham gostado!
Deixem suas sugestões
Kuroneko-san
Jya ne!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Love Celeb - Sinopse

  Olá pessoas! Eu estava procurando um mangá shoujo para ler e acabei me deparando com algo que não conhecia:  o romance smut de Mayu Shinjo. Confesso que essa foi minha primeira vez lendo smut e eu gostei bastante desse mangá! Espero que gostem também!

Gênero: Romance, Smut, Comédia, Drama.

Volumes: 7, ao todo são 37 capítulos.

Sinopse: Love Celeb conta a história de uma linda menina que faz de tudo para se tornar um ídolo famoso junto de seu empresário, que a escolheu entre muitas outras garotas para deixá-la famosa. Entretanto, a jovem descobre que o mundo do estrelato não é nem um pouco fácil ou maravilhoso, e que o dinheiro é chave de tudo. Sendo assim, seu empresário a leva a um encontro com diretores poderosos para que ela use o seu corpo e consiga um bom papel. A garota ainda é virgem e muito ingênua e, quando um cara tentar abusar dela, ela é salva por um lindo rapaz, que parece um príncipe. Mas seria ele alguém bom ou é apenas mais um predador para a menina? E será que está realmente salva?



Minhas Impressões: Primeiramente gostaria de explicar o que é romance smut: smut é uma classificação para mangás eróticos, nos quais aparece cenas de sexo. O gênero é mais voltado para as mulheres. E essa foi a primeira vez que li um mangá desse tipo.
Bem, logo no primeiro capítulo percebe-se que terão cenas quentes, mas o mangá não é exclusivo a essas cenas. Kirara, a protagonista, passa por muito drama até se tornar famosa, sempre realiza papéis sem muita importância em filmes e outros programas na esperança de alguém reconhecer seu talento. Mas seu empresário diz que ela precisa dormir com alguém famoso e poderoso para conseguir chegar ao topo, a levando para um apartamento onde caras ricos e cheios de poder fazem sexo com podres aspirantes a atriz em troca de promessas de fama. Kirara fica atordoada nesse local, pois a menina ainda é virgem e não tem experiência com isso. Porém, Gin, um lindo cara de cabelos prateados, a salva de um cara que tentava abusar dela e partir daí os dois começam uma estranha relação (isso mesmo, eestraaaaanha relação). E se você acha que depois disso tudo se torna um mar de rosas está muito enganado! O Gin é muito possessivo, e, ao longo do tempo, os dois passam a gostar um do outro e ninguém admitir. E fica nessa enrolação.



Eu me envolvi muito com esse mangá, mas do que já me envolvi com algum outro. Senti raiva quando o Gin era ridículo com a Kirara, fiquei triste quando a menina passava por situações horríveis, eu até chorei! (isso sim é algo espantoso, considerando que eu sou uma pedra). Mas okay, vou falar o que eu achei bom e o que não gostei muito. O enredo é legal, não é como um hentai que foca no sexo, o mangá realmente tem história! O que é ótimo. Mas o foco sempre está na relação entre Gin e Kirara e no drama que os dois passam por essa paixão não assumida. Todavia, algo que eu achei bem ruim foi que sempre que aparecia algo para atrapar a relação dos dois, o desfecho disso sempre era bem corrido, como se a mangaka quisesse terminar logo essa parte dramática e voltar a focar apenas nos dois. Alguns antagonistas apareceram e saíram sem muita importância, como se eles não fizessem muita diferença. As partes com antagonistas precisava de um trato melhor para o mangá ser perfeito.

Tem muuuitas coisas sem noção no mangá, mas de certa forma ele faz uma forte crítica à sociedade japonesa e ao abuso de poder e dinheiro que os ricões realizam. O sexo é tratado, muitas vezes, apenas como produto de troca para conseguir o que quer, e essa realidade vai sendo quebrando por Gin e Kirara.

Tem uma coisa que eu não gostei, de verdade! Estou com isso na cabeça desde que terminei de ler! **Cuidado! Início de Spoiler!** A Kirara fala pro Gin que não ama mais ele e que gosta do Sensei chato lá, ela faz sexo com outro cara para proteger o Gin e no fim ele nem pede uma explicação decente a ela. Tudo bem, ele entende ela, que fez tudo aquilo para tentar salvar ele de ser condenado e preso, mas mesmo assim! Argh! Detestei essa conclusão dos obstáculos, principalmente esse! **Fim do Spoiler!**

Ooookaaay! Acredito que isso seja tudo que eu queria falar para vocês, lindos <3 Eu li ele no Mangá Host, tem uns erros de português e um capítulo inteiro em espanhol no meio ashuahsuahsuhs Maaas, essas coisas dá pra relevar quando as pessoas que traduziram trabalharam muito duro para isso! Agradeço a quem traduziu <3 


Espero que tenham gostado!
Deixem seus comentários!
Kutoneko-san
Jya ne!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Diabolik Lovers, More Blood - Sinopse

  Olá pessoas! Sim, eu sumi por meses dessa vez, mas sabe como é, fechamento de notas e início de férias. Mas pretendo postar bastante agora para compensar! Começando com um anime Shoujo fofinho. Espero que gostem!

Gênero: Shoujo, Harem, Vampiros.

Episódios: 12 episódios com 12min40s cada um.

Sinopse: Segunda temporada do anime Diabolik Lovers. Nessa temporada, Yui viverá novos dramas com novos personagens. 

Minhas Impressões: Bem, quando eu vi que era a segunda temporada do anime, eu achei que seria tipo uma continuação, mas na verdade não identifiquei nenhuma ligação da segunda com a primeira temporada, além dos personagens que se mantém. Na primeira temporada você descobre porque a mina mora com os caras vampiros, mas a nova trama não se liga com a antiga fora a isso. A história é meio jogada, talvez pelo fato do anime ser bem curto, mas o anime em si termina incompleto: durante os episódios é falado várias coisas, porém termina sem explicar nada, nada mesmo, nem quem são os dois vilões que aparecem, nem os motivos dos novos personagens quererem realizar o plano deles, nem naaaaada mesmo. Além disso, o anime termina no clímax da história, bem quando vai acontecer uma coisa super tensa, o que me faz pensar que, provavelmente, terá uma terceira temporada. 
Fora o enredo não muito bem desenvolvido, o ponto forte do anime são os traços. As personagens, os cenários e tudo nele são super bem feitos, tudo é muito lindo e apaixonante. Basicamente é uma animação feita para ser bonita e apaixonante, não para ter uma história bem elaborada, e nisso dou nota 10 para o anime.
Eu gostei das personagens, exceto da protagonista, a qual já não fui muito com a cara desde a primeira temporada. Nessa temporada ela demonstra-se mais indiferente quanto a situação em que se encontra, e age como se fosse extremamente normal tudo que acontece com ela. Só que essa normalidade é tanta que a deixa beeeeem chata. Tem pessoas que gostam dela, mas eu não gostei dela, não.
Algo que eu achei bem legal foi a opening. A música é muito legal, eu gostei bastante. Já a ending não é tão legal.
O que eu mais gostei do anime: Os traços lindos e a opening.
O que eu menos gostei do anime: O enredo superficial. A ideia era muito boa, mas o desenvolvimento não alcançou tal nível.
Sei que muita gente que ama esse anime vai criticar muito minhas palavras, mas eu gosto de ser sincera e falar que não gosto de algo em vez de falar mentiras. 
Além de todos os pontos negativos, eu gostei de assistir o anime, é bom para relaxar. 



Espero que tenham gostado!
Deixem suas sugestões de postagens!
Kuroneko-san
Jya ne!!